Esquenta – Intercom/FestCom

Nesta semana, começa o evento chamado “Esquenta Intercom” nas faculdades de Comunicação do Pará. Trata-se de um aquecimento para os congressos (regional e nacional), divulgando informações e convidando os alunos a participar. E a Facom resolveu incrementar o seu Esquenta, que será realizado nesta quinta-feira, dia 26, às 11h, no auditório do ILC.

Além da apresentação geral sobre os congressos, que são promovidos pela Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom), destacando os eventos e as atividades que os alunos podem participar (a ser feita pelo representante da Intercom, o Prof. Leandro Raphael ), a Facom vai realizar uma mesa sobre a temática do congresso deste ano “Comunicação, Cultura e Cidade-Espetáculo”. O convidado especial é o Prof. Dr. Otacílio Amaral Filho, que vai abordar como pano de fundo as manifestações deste mês e a mediadora será a Prof.ª Dr.ª. Rosaly Brito.

Para completar, o público também vai poder conhecer mais sobre I Festival de Produção Experimental, já carinhosamente chamado pelos alunos de FestCom. Durante o Esquenta, será lançada a identidade visual oficial do festival e serão esclarecidas dúvidas e divulgadas outras informações.

O FestCom UFPA está sendo promovido pela Facom como etapa local do Prêmio Expocom e visa reconhecer e premiar os melhores trabalhos produzidos pelos acadêmicos em 2014. Vai funcionar, ainda, como uma vitrine para o mercado, pois seu corpo de jurados será formado por professores, pesquisadores e profissionais locais. Será realizado no dia 13 de abril, às 17, no auditório Setorial Básico II. Uma oportunidade imperdível, que já está deixando os alunos em alvoroço. Participe você também!!

Nota de retratação, por Nathalia Silva

Recebemos por e-mail uma carta de retratação da estudante de 2015 Nathalia Silva, “para as pessoas que se sentiram ofendidas pelas minhas palavra”. Segue em anexo.

“Ontem, mais ou menos pelas 14h, recebi no grupo de whatsapp da minha turma uma série de imagens (prints) de tweets que havia postado há pelo menos uma semana, no início das aulas. Essas imagens mostravam palavras duras que eu havia escrito em um site pessoal, num momento de raiva. Diversas atitudes alheias me levaram a escrever o que escrevi. Contudo, não achei em nenhum momento que aquelas palavras sairiam dali e se espalhariam como migalhas ao vento, prontas para magoar quem as lesse, mas foi o que aconteceu e por isso, hoje, estou aqui, através deste documento, tentando alcançar cada coração que foi magoado pelo que eu falei.

Confesso a vocês que, apesar de ser uma pessoa que tem dificuldades de lidar com o que é diferente ao meu ponto de vista, jamais passei por uma situação parecida. Nunca tive a intenção de desrespeitar pessoas que amo, que gosto e as que não conheço. Não estou aqui para pedir que tirem a minha culpa porque eu a tenho, afinal, sei bem que palavras ditas não podem ser desditas. Contudo, sei também que todos e cada um de nós já fez ou disse alguma coisa horrenda a alguém e o magoou, tudo porque não soube respirar fundo em um momento de raiva afim de controlar sua chateação. Por vezes, não era nem o que você pensava, mas saiu, de qualquer forma, e você teve que arcar com as conseqüências de um coração partido.

Generalizei, escrevi palavras pesadas, me expressei de maneira medíocre; eu sei e por isso estou aqui tentando me retratar. Não quero que pensem que estou aqui por mim. Não! Estou aqui por todos aqueles que se sentiram ofendidos e atacados por mim. Estou aqui para pedir-lhes o seu perdão. Sou humana como vocês, cometo erros como vocês e estou muito arrependida daquelas palavras. Se tivesse o poder, voltaria no tempo e me impediria de proferi-las, não só pelo estrago que fez para alguns, como também por não condizerem com o tipo de pessoa que sou.

Por último, sei que é difícil de acreditar, mas não sou homofóbica. Minhas palavras foram, minha atitude desrespeitosa foi, mas, eu, como um todo, não sou. Por isso, e novamente, peço perdão a vocês, peço que me deem uma segunda chance e peço, se possível, que tentem não me julgar por essas palavras infelizes. Não peço suas amizades, até porque seria um abuso de minha parte, peço apenas que me aceitem em seu meio novamente e me ensinem, ouçam minhas verdadeiras opiniões, debatam comigo e me conheçam de verdade.

Sem mais a declarar, deixo em suas mãos.

Respeitosamente,

Nathália Silva”

Respeite o próximo! – Uma mensagem da gestão SIM do CACO

Ao entrar na Faculdade de Comunicação da UFPA, não é difícil perceber o quão colorido nosso curso é. São múltiplas cores nas paredes, nos cartazes e nas pessoas que apresentam a diversidade de expressão, de cultura, de etnia, de personalidade e de formas de amor que deixa a FACOM tão aconchegante e bonita assim.

Nossa faculdade oferece um diferencial incrível. É um ensino superior de libertação, que oferece a oportunidade que muitos não encontram em outro lugar: a de ser quem você quer ser, de ser quem você realmente é. E, diante de uma realidade atual na qual o setor conservador das entidades e da sociedade cresce e se inflama novamente no contexto nacional, é cada vez mais essencial que reforcemos a luta pelos direitos de todas e todos.
A gestão SIM do CACO apóia a diversidade humana e o respeito a todas e todos e é contra todas as formas de discriminação e preconceito.
Gentileza gera gentileza. Respeito gera respeito. Amor gera amor.
Respeito à diversidade humana. O problema é a intolerância.

Edital – filiação do Centro Acadêmico a Enecos

Conforme a decisão tomada em assembleia geral de 04 de novembro de 2014, a comissão eleitoral nas suas atribuições convoca os discentes do curso de Comunicação Social para a eleição de filiação do Centro acadêmico a Executiva Nacional dos Estudantes de Comunicação Social (Enecos).

Disposições Gerais

Art. 1º – As eleições para a filiação do centro Acadêmico de Comunicação Social do campus do Guamá/UFPA a Enecos realizar-se-á nos dias 26 e 27 de março de 2015, das 8h às 14h.

Art. 2º – A eleição dar-se-á através do voto direto, secreto e universal.

Parágrafo Único – Poderão votar todos os alunos de graduação e pós-graduação regularmente matriculados no curso de Comunicação Social da UFPA.

Art. 3º – A participação nesta eleição dar-se-á através do posicionamento contrário ou a favor à filiação do Centro Acadêmico de Comunicação da UFPA a Enecos.

Art. 4° – O posicionamento com maior número de votos (51%) determinará a filiação ou não do Centro Acadêmico a Enecos.

Da Propaganda Eleitoral Geral

Art. 5º – Estão abertas desde a Assembleia Geral Extraordinária do CACO de 04 de novembro de 2014 as manifestações a favor ou não à filiação do Centro Acadêmico a Enecos.

Da Cédula Eleitoral

Art. 6º – A cédula será confeccionada pela Comissão Eleitoral.

Art. 7º – Constarão da cédula as palavras SIM e NÃO.

Parágrafo Único – A cédula deverá ser carimbada assinada por um membro da Comissão Eleitoral.

 

 

 

 

Da Votação

Art. 8º – Votação dar-se-á por sistema manual.

Art. 9º – Somente poderão votar estudantes regularmente matriculados no semestre atual, de acordo com a listagem fornecida pelo pela Coordenação do Curso.

Art. 10º – Durante a eleição observar-se-á o seguinte procedimento:

I – o eleitor votará por ordem de chegada;

II – o eleitor identificar-se-á através da Carteira de Estudante ou qualquer outro documento oficial de identificação que contenha foto (RG, CNH, Passaporte, Carteira de Trabalho ou Passe Fácil).

III – os mesários localizarão o eleitor pela lista fornecida ela Coordenação do Curso;

IV – não havendo dúvidas sobre a identidade do eleitor, o mesmo assinará a lista ao lado do seu nome e receberá a cédula de votação, a qual deverá estar carimbada e rubricada no verso, pelos componentes da mesa;

V – o eleitor se dirigirá até o local de votação, onde assinalará um X no retângulo em branco, diante do posicionamento de sua preferência.

VI – o eleitor dirigir-se-á até a urna e depositará seu voto.

VII – O estudante cujo nome não constar da lista emitida pela Coordenação de Curso não poderá votar.

Parágrafo 1º – Ao final do primeiro dia de votação a urna deverá ser lacrada e guardada em local a ser discutido com os representantes de cada posicionamento, sob a responsabilidade da Comissão Eleitoral.

Parágrafo 2º – Se não houver representantes de cada posicionamento a urna fica sob a responsabilidade da Comissão Eleitoral.

VII – Fica estabelecida a margem de erro de 2% (dois por cento) para os votos na urna.

 

Das Mesas Receptadoras

 Art. 11º – A mesa receptora terá por seus membros a Comissão Eleitoral.

Art. 12º- A mesa receptadora ficará lotada como segue: dia 26 de março (quinta-feira), das 08 às 14h, no ILC e no dia 27 de março (sexta-feira), no mesmo horário, no Bloco Fb.

  • – Da decisão da Comissão Eleitoral caberá recurso para Assembleia Geral, interposto no prazo de 1 (um) dia, devendo ser resolvido em igual prazo.

Da Apuração

Art. 13º – A apuração iniciar-se-á logo após o término da votação na sede do Centro Acadêmico de Comunicação.

Art. 14º – A apuração dos votos será pública.

 Art. 15º – O processo de apuração, uma vez iniciado, não será interrompido até a divulgação do resultado final.

Art. 16º – Na duração da apuração observar-se-á o seguinte procedimento:

I – Contadas as cédulas, a junta apuradora verificará se o número de votos da urna coincide com o número de assinatura na lista de votantes;

II – as impugnações de votos de urnas serão decididas na hora pela Comissão Eleitoral;

III – Serão considerados nulos todos os votos que contenham inscrições que não deixem evidente a opção do eleitor por algum posicionamento, bem como aquelas cédulas que não estiverem carimbadas e rubricadas por um membro da mesa receptora, ou, ainda, as cédulas que apresentarem quaisquer rasuras ou que possam identificar o eleitor.

IV – serão considerados brancos os votos que estiverem carimbados e rubricados por um (1) membro da mesa apuradora e não tiverem inscrição alguma.

V – A Comissão Eleitoral divulgará o resultado das eleições no dia 30 de março (segunda – feira).

Da Fiscalização das Eleições

Art. 17º – Se houver representantes de cada posicionamento, estes serão convidados a participar da fiscalização das Eleições.

Disposições Finais

Art. 18º - Os casos omissos serão resolvidos por esta comissão.

Art. 19º – Qualquer acadêmico do Curso de Comunicação Social poderá impetrar recurso, por escrito, contra o presente instrumento, discordando de seu conteúdo no todo ou em parte. Para tanto, dá-se o prazo de 48h (quarenta e oito horas), a contar da data da publicação do presente documento, devendo, esta Comissão, julgar a impugnação em igual prazo.

Art. 20º - Às decisões desta Comissão cabe recurso à Assembleia Geral.

 

CALENDÁRIO DAS ELEIÇÕES:

24 a 25 de março – Período de campanha.

25 de março – Debate para esclarecimento sobre a Filiação do Centro Acadêmico a Enecos, às 11h, na sala 06 do PPGCom.

26 de março – Votação no ILC.

27 de março – Votação no bloco F.

30 de março – Anúncio da Filiação ou não do CACO a Enecos.

Belém, 23 de março de 2015.

Grupo de Pesquisa formado por PPGCOM, FACOM e UNAMA convida participantes!

Está se fundando o Grupo de Pesquisa “Interações e Tecnologias na Amazônia (ITA), que nasce como fruto de diálogo e parceria entre membros do Programa de pós-graduação Comunicação, Cultura e Amazônia – UFPA, da Facom UFPA e do curso de Comunicação da Universidade da Amazônia – UNAMA.
Todos estão convidados a participar desse novo projeto!
Abaixo, a ementa do grupo. Os interessados devem entrar em contato pelo e-mail: elaidemartins@gmail.com

GRUPO DE PESQUISA
Interações e Tecnologias na Amazônia – ITA
Objetivo: As tecnologias abriram novas possibilidades de sociabilidade, transformando os locais e as interações entre as pessoas. Neste sentido, o presente grupo objetiva desenvolver pesquisas e análises dos usos, das apropriações e das interações entre tecnologias digitais e sociedade na Amazônia. Com as tecnologias de informação e comunicação, presenciamos alterações em diversas áreas do conhecimento, assim como diferentes linguagens, alterando as formas de expressar o pensamento e a comunicação, interferindo nas relações e produzindo mudanças no comportamento de grupos. O ITA pretende trabalhar no sentido de investigar e refletir sobre as interações proporcionadas pelas tecnologias, das tradicionais às mídias digitais e/ou móveis e estrutura-se em duas linhas de pesquisa: ‘Mídia e Cultura na Amazônia’ e ‘Comunicação, Linguagem e Arte no contexto social da Amazônia’.

I Festival de Produção Experimental FACOM–UFPA

A FACOM, com apoio do CACO, promove, no dia 13 de abril, o I Festival de Produção Experimental FACOM–UFPA. Esse é um novo método de seletiva local do Prêmio Expocom, a competição da Intercom para projetos experimentais de alunos de Comunicação Social de todo o país. A escolha dessa nova metodologia é avaliar os estudantes conforme os mesmos critérios e modalidades do próprio Expocom. No dia 15_03_16---Primeiro-Festival-de-Produção-Experimentaldo evento, serão expostos e premiados os melhores trabalhos de caráter experimental dos estudantes de Jornalismo e Publicidade e Propaganda da UFPA. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas até o dia 10 de Abril de 2015, no horário das 8h às 12h e das 14h às 18h na sala da Direção da Faculdade de Comunicação Social da UFPA.

Fique atento ao regulamento que segue abaixo: http://goo.gl/vtIz2I
Atualizado em 18/03, às 22h10, pois o edital estava com erros que foram corrigidos nessa atualização.

COMUNICADO – CACO 2015

Tal qual foi decidido em Assembleia Geral Extraordinária do corpo discente da Faculdade de Comunicação da UFPA realizada em 04 de novembro de 2014, no Auditório do Instituto de Letras e Comunicação, há a necessidade de fazer:

a. uma votação para decidir se o Centro Acadêmico de Comunicação Social (CACO) irá se filiar financeiramente e ideologicamente a Executiva Nacional de Estudantes de Comunicação Social (ENECOS);
b. uma reforma no Estatuto do CACO.

Para isso, foram delegados voluntariamente:
a. a Comissão Responsável pela Reforma do Estatuto do CACO, formada por Raphael Castro, Denise Corrêa, Matheus Botelho e Tarcízio Macedo, estudantes de 2012, 2013 e 2014;
b. uma Comissão responsável por todo o processo de votação da filiação do CACO a ENECOS – desde o lançamento do edital à contagem dos votos e anúncio do resultado – formada pelos alunos Nathan Nguangu e Matheus Botelho.

Informamos, portanto, que o prazo dado hoje (10) para entrega dessas responsabilidades, em vista de que ainda nenhuma das duas foram apresentadas ao CACO, foi:
a. até o dia 20 de março de 2015 para a entrega do Edital da Votação da filiação a ENECOS (para que, então, possa-se iniciar o processo eleitoral da causa);
b. até o dia 31 de março de 2015 para a entrega do novo Estatuto do CACO (para ser apresentado ao corpo discente e debatido e aprovado em Assembleia Geral em aproximadamente 10 dias depois de sua publicação para análise).

O que se pode fazer até lá?
a. Pesquise mais sobre a ENECOS e a filiação que oferece aos centros acadêmicos para formar sua opinião acerca do assunto;
b. Leia e analise o Estatuto atual do CACO, a fim de refletir sobre o que falta e o que procura no novo Estatuto do CACO e envie o mais rápido possível para cacoufpa.ufpa@gmail.com sua sugestão.

Att.,
Gestão SIM – Sonho. Inquietação. Memória.